O Que Ficou Por Dizer

      O fresco da brisa da tarde beija-lhe o rosto e rouba-lhe a cor das faces rosadas, refresca-lhe os olhos e alivia-lhe a pressão dos lábios. Ao fundo, ouvem-se os gemidos de uma guitarra e os soluços de um piano... As palavras dançam na sua mente, num ritmo lúgubre e melancólico: "Desculpa, não consigo mais. Já eras linda e cada dia consegues ser mais e, dentro de ti, há um diamante em bruto escondido. Sabes disso, não sabes? Não me odeies por não ter dado certo, eu prometo-te que nunca me esquecerei do que vivi e aprendi contigo. E aprendi muito... mesmo! Mas o nosso caminho separa-se aqui, é o nosso fim, cada um seguirá o seu rumo, o seu futuro".
      A noite foi longa e divertida. Umas bebidas, umas danças e conversa o tempo inteiro, tudo para se manter ocupada, para as memórias não tomarem de assalto o seu pensamento. Os amigos, não a deixavam ficar sozinha e ela agradecia por isso, conseguiu manter o teatro e a boa disposição até ao fim. Hoje, rodeada por aqueles que gostam dela, esquiva-se pé ante pé, a meio da madrugada, e vai até ao seu cantinho, onde o único som é o do mar e de algumas gaivotas que percorrem o areal. Será que ele não sente mais nada por ela? Que o sentimento se dissipou? O que daria para o ver naquele momento, para esclarecer as dúvidas todas que tem, para dizer-lhe o que devia ter dito no lugar das lágrimas. Ainda hoje tem a sensação do último beijo tatuado na face. Ainda hoje tem o cheiro do seu perfume em cada folha da sua pele. Ainda hoje se tenta convencer de que é livre, mostrando a mulher confiante a quem a cumprimenta.
      "Se aprendeste muito, porque é que foste embora? Se tenho uma pedra preciosa em mim, porque é que não foste tu o escultor e o artista que a transformasse numa obra de arte? Tanto que ficou por dizer e não dizer, tanto que ficou por viver e não viver, meu amor. Sim, ainda te chamo «amor» porque ainda te amo como amava, porque ainda te quero como queria, porque ainda preciso de ti como precisava, embora não o demonstre, mas ainda te amo e, se calhar, não deixarei de te amar". A madrugada rápido se transformou em manhã e, antes que dessem por sua falta, voltou para casa.
      Talvez um dia, quando se encontrarem de novo, ela lhe diga o que só ela sabe.
      Um dia... Um dia...

Mensagens populares