segunda-feira, 29 de junho de 2015

Hoje

Hoje demorou-se mais tempo em frente ao espelho. Este reflectia o rosto de uma desconhecida. Espelho que espelhava dois espelhos: um mostrava o que os dois escondiam, meio embaciados.      
Ela não tinha desistido. Não desta vez. Chorava porque tinha demasiados sentimentos dentro de si ignorados, ao longo dos últimos dias. Quis ser forte e reprimiu durante este período a saudade que lhe saqueava o coração, até não aguentar mais. Hoje, palavras que construíram frases foram lidas de novo. Hoje, desejou que tivesse omitido uma boa parte da história que ontem ficou escrita. Hoje, quis viver uma vez mais alguns momentos que passou. Hoje, parou de ocultar a  mágoa. Hoje!

Kiss - "Forever"

Porque o amor depois de o encontrarmos pode tornar-se em algo maravilhoso, do qual não estávamos à espera, do qual nos assaltou o coração e...